Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 26, 2010

DESAFIO PARA O PRÓXIMO GOVERNO

A violência homicida no Nordeste José Maria Nóbrega – cientista político, Pesquisador do NICC-UFPE Dilma Rousseff inicia seu governo como a primeira mulher a presidir a República Federativa do Brasil, também será a primeira mulher a assumir o país mais violento já administrado por uma mulher. O Brasil tem uma taxa de 25,6 homicídios por cem mil habitantes, ocupando a terceira posição entre os países da América Latina. Venezuela, com 52 homicídios por cem mil, e a Colômbia, com 33, estão à sua frente. A Argentina, presidida por uma mulher, tem a taxa de 5,3 homicídios por cem mil habitantes. O Chile, no período que foi governado por Bachelet, teve uma taxa de 1,5. A nossa presidente tem em suas mãos um problema que seu antecessor não conseguiu resolver: a violência crescente no Brasil. Apesar do último Mapa da Violência demonstrar que, desde 2003, o Brasil vem reduzindo as suas taxas de homicídios, o que assistimos na realidade, é a redução de uma parte desses homicídios. Quando o qu

RESSOCIALIZAÇÃO

» SISTEMA PENITENCIÁRIO Cai o número de fugas de detentos liberados no Natal Publicado em 29.12.2010, Jornal do Commercio Dos 992 presos que receberam o benefício este ano, 26 deles não voltaram para as unidades de origem. Eles são considerados foragidos da Justiça Mesmo liberando uma quantidade maior de detentos para passar o Natal em casa, a Secretaria-executiva de Ressocialização (Seres) comemora uma redução percentual de fugas em relação a 2009. Dos 992 presos que receberam o benefício dado pela Justiça este ano, 26 deles não voltaram para as suas unidades de origem. A partir de agora são considerados foragidos. O acréscimo no número de beneficiados foi de 28,93%, o que representa um total de 287 detentos a mais que receberam o direito de passar o período natalino em casa, se comparado com o ano passado, quando 705 saíram e 21 não voltaram. Ou seja, o número de fugas caiu de 2,98% para 2,62%. Das dez unidades prisionais que tiveram presos beneficiados, apenas duas registra

CAPITAL SOCIAL

» BALANÇO Posse de arma é recordista de denúncias Publicado em 28.12.2010 Crime foi responsável por 21,5% das informações repassadas ao Disque-Denúncia. Poluição sonora teve o maior aumento no número de queixas O serviço Disque-Denúncia em Pernambuco chega ao fim de 2010 com vários motivos para comemorar. Além de ultrapassar as 35 mil denúncias em um ano, também registrou recordes na quantidade de informações relacionadas à poluição sonora e tráfico de drogas. O crime que teve o maior número de ligações feitas ao serviço, no entanto, foi o de posse ilegal de armas, com 21,5% das informações. Mesmo ficando no terceiro posto no ranking de informações, com 18%, a poluição sonora se revelou a infração com maior aumento no número de denúncias. Foram 8.221 ligações referentes ao tema, quatro vezes mais do que os registros feitos em 2009. Para a coordenadora do serviço em Pernambuco, delegada Carmela Galindo, o aumento de informações referentes à poluição sonora é resultado de uma campa

Qual a razão para Israel pedir desculpas a Turquia?

"Se uma democracia constitucional liberal é, na verdade, superior a outras formas de sociedade, como acredito que seja, um povo liberal deve ter confiança nas suas convicções e supor que uma sociedade decente, quando os povos liberais lhe oferecem o devido respeito, pode ter maior probabilidade, ao longo do tempo, de reconhecer as vantagens das instituições liberais e tomar medidas para, sozinha, se tornar mais liberal (John Rawls, O Direito dos Povos: p. 81). » ISRAEL Paz com palestinos é impossível, diz chanceler Publicado em 27.12.2010, Jornal do Commercio JERUSALÉM – A paz com os palestinos é “impossível” no momento e Israel deveria buscar um acordo menos ambicioso, declarou ontem o ministro israelense das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman. Em um encontro com diplomatas israelenses, Lieberman defendeu que, em vez ambicionar um acordo pleno de paz, Israel limite-se a buscar um acordo provisório e de longo prazo que aborde apenas questões econômicas e de segurança. Os p

O papel dos municípios é fator decisivo no controle dos homicídios

37% de queda no número de homicídios nos bairros mais perigosos Canoas virou Revista Veja - 13/12/2010 Prefeito petista recoloca a cidade gaúcha no caminho da ordem e da prosperidade ao ignorar a cartilha demagógica e ineficiente dos partidos de esquerda. Igor Paulin O município de Canoas, na Grande Porto Alegre. tinha tudo pa- ra ser um exemplo de prosperidade. Com a quarta maior economia da Região Sul, ostenta um produto interno bruto inferior apenas ao da capital gaúcha, de Curitiba e da catarinense Joinville. Com um polo metalmecânico que movimenta 3,4 bilhões de reais anuais, Canoas atraiu 3900 novas empresas nos últimos dois anos. O shopping center local foi duplicado e ergueram-se seis novíssimos condomínios de casas para abrigar a emergente elite local. Era de esperar que a pujança 1 da economia se convertesse em melhoria da qualidade de vida da população. Ocorreu justamente o contrário. Com sucessivos equívocos, os políticos Canoas permitiram que a cidade fosse cercada