Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 12, 2015

Violência homicida e sua relação com a renda e o nível de desemprego na Paraíba, 1991 a 2010.

Por José Maria Nóbrega Jr. [1] Introdução A violência já virou rotina no Estado da Paraíba. O impacto percentual do crescimento dos números de homicídios ultrapassou o limiar dos 200% em duas décadas e os dados mais atualizados apontam para a continuidade da escalada do crime violento. Parte da literatura sociológica aponta para uma forte relação entre crime violento e os desníveis sociais e econômicos (NÓBREGA JR., 2014). Esta tese pode ser encontrada no Estado da Paraíba? Neste artigo, vou analisar a relação (ou falta dela) entre os dados de homicídios com a renda domiciliar per capita e o nível de desemprego na Paraíba, estas últimas variáveis proxy de caráter socioeconômico para o teste da hipótese: “há relação entre desigualdade de renda e taxa de desemprego com o aumento ou diminuição dos homicídios. Ou seja, quando há melhoria da renda e diminuição das taxas de desemprego, há menos violência, esta medida pelas taxas de homicídios”. Metodologia dos dados O