Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 25, 2010

Radialista não aceita censura imposta pela Rádio Olinda

Indignado com as mudanças na programação de seu programa, Edvaldo Morais pediu para sair da Rádio Olinda. Em tempos de liberdade de imprensa, mas de limitações impostas pelo poder político/econômico, é importante a atitude de Edvaldo. Abaixo, artigo retirado do Blog de Jamildo. Ernesto Neves, em seu blog O radialista e jornalista Edvaldo Morais um dos campeões de audiência das manhãs da Região Metropolitana deixou a Rádio Olinda, emissora da Arquidiocese de Olinda e Recife, porque não concordou com as mudanças que vinham sendo impostas ao seu programa "Show de Rádio", onde as principais atrações eram a interação dos ouvintes, o seu comentário diário, comentários de conteúdo politico e severas críticas as administrações públicas. Há dez anos que o "Show de Rádio" ocupou o horário das 5h às 9h sempre dando um tratamento noticioso e crítico aos fatos sem qualquer coloração ideológica ou partidária. A nova direção liderada pelo radalista Aderval Barros impôs uma s

Futuro presídio ganha destaque internacional

» SISTEMA PENITENCIÁRIO Publicado em 29.07.2010 O complexo que está sendo construído em Itaquitinga, na Zona da Mata, está entre os 100 melhores projetos no gênero no mundo. A unidade vai receber os detentos que cumprem pena em Itamaracá Previsto para ser inaugurado no primeiro semestre de 2011, o Centro de Ressocialização de Itaquitinga, na Mata Norte do Estado, já ganha destaque internacional. O complexo penitenciário, que será composto por cinco presídios com capacidade total para 3.126 detentos, faz parte de uma lista dos 100 projetos de infraestrutura mais interessantes em andamento no mundo. A relação foi publicada pela revista americana Infrastructure Journal. O Centro de Ressocialização está sendo construído através de uma Parceria Público-Privada (PPP). Na lista ainda figuram outros cinco projetos brasileiros: o Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira, a Cidade Administrativa de Minas Gerais, o Rodoanel Oeste de São Paulo, o trem de alta velocidade que vai ligar São Paulo ao

A POLÍCIA BRASILEIRA JUSTIFICA UMA SEMIDEMOCRACIA EM NOSSAS PLAGAS

O conceito de democracia deve ser ampliado. Eleições são necessárias, porém insuficientes para consolidar uma democracia em qualquer lugar do mundo. As instituições coercitivas no Brasil favorecem a fragilização da tênue democracia brasileira. Correio Braziliense 28 julho 2010, editorial Civilizar a polícia é prioridade O caso do adolescente de 14 anos, Bruce Cristian, abatido em plena área urbana de Fortaleza com tiro disparado por um PM repõe em cena a violência contumaz da polícia brasileira. Como a grande parte das mortes resultantes da brutalidade de investigadores e agentes da repressão, o episódio da capital cearense assumiu a figura típica de assassinato. O infortunado jovem se encontrava na garupa da motocicleta conduzida pelo pai. Para o disparo letal, bastou que o motociclista não parasse de imediato o veículo a uma ordem do militar. Relatório sobre Execuções Sumárias da ONU, de junho deste ano, contém informação alarmante. Nenhuma das 33 recomendações das Nações Uni

Datafolha aponta para alto nível de rejeição ao candidato ao governo Jarbas Vasconcelos. Eduardo Campos é o preferido pelos mais escolarizados

A última pesquisa Datafolha de intenção de voto para o governo de Pernambuco mostra que o atual governador do Estado, Eduardo Campos (PSB), é preferido entre o eleitorado feminino, com 61% das intenções nesse segmento. Entre os jovens de 25 a 34 anos, 60% afirmaram votar no candidato, mesmo índice entre os mais velhos. Quanto à escolaridade, a preferência pelo candidato do PSB aumenta quanto maior o nível educacional: entre aqueles com ensino fundamental, 54% afirmaram votar no candidato, entre aqueles com nível médio, o índice sobe para 63% e entre os mais escolarizados chega a 69% das preferências. Quanto aos dados de intenção de voto, 59% dos eleitores votariam no candidato à reeleição Eduardo Campos, e 29% votariam no seu opositor, o candidato Jarbas Vasconcelos (PMDB). Jarbas obtêm seus melhores índices entre o eleitorado de 35 a 44 anos e entre aqueles de 45 a 59 anos, 33% e 28%, respectivamente. Quanto à escolaridade, a preferência por Jarbas diminui conforme aumenta a escolar

Desindustrialização e a volta do Jeca Tatu

Maílson da Nóbrega - Maílson da Nóbrega Veja - 26/07/2010 A tese da "desindustrialização", que esteve em moda em 2005, retornou com uma preocupação a mais: a "reprimarização", ou seja, a regressão a um modelo primário-exportador dos tempos passados. O sinal do retrocesso seria a maior participação de commodities nas exportações. Será? Define-se desindustrialização como a queda do emprego na indústria. O fenômeno apareceu nos países ricos nos anos 1970. Antes, o mesmo acontecera na agricultura, ao longo da Revolução Industrial. Agora, os serviços assumem a proeminência. Não é o fim da produção manufatureira, mas o seu crescimento em um ritmo menor. A desindustrialização costuma ser resultado do aumento da produtividade, por força de melhorias em educação, tecnologia e gestão das empresas. Por ação do estado, mudanças institucionais contribuem para reduzir custos de transação, ampliar o acesso ao crédito, melhorar a operação da logística e incentivar a inovação. Nes