Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 22, 2013

Dinâmica e evolução da violência no Brasil entre 2000 e 2011

José Maria Nóbrega Jr. – Coordenador do Núcleo de Estudos da Violência da UFCG (NEVU) A violência é fenômeno constante em sociedades modernas, contudo, altos níveis dela podem levar essas sociedades à fragmentação. Do ponto de vista jusnaturalista, a ausência de regras e de força para a condução do comportamento civilizado – respeito aos direitos civis e políticos – leva ao aumento dos conflitos, o que gera incremento da violência. Esta tem como principal variável os homicídios. No Brasil, as taxas de homicídios por cem mil habitantes sempre tiveram acima do tolerável, que é 10/100 mil, no período entre 2000 e 2011. Com o pico máximo em 2003 e o mínimo em 2007 (Cf. gráfico 1). Gráfico 1. Taxas de homicídios no Brasil (2000/2011) Fonte: SIM/DATASUS/IBGE. Cálculo das taxas do autor. Gráfico formatado pelo autor. Observando os dados no nível dos estados percebemos aumentos percentuais no comparativo 2000/2011 elevados. Com destaque para os estados situados no Nordeste