Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 19, 2012

Ineficácia institucional: mais violência

Só 3% dos inquéritos acham culpados para assassinatos Meta de mutirão era concluir 143 mil investigações que estavam sem solução 20% dos inquéritos abertos de 2007 para trás foram concluídos, mas a maioria sem apontar autor de crime LUIZA BANDEIRA DE SÃO PAULO ESTELITA HASS CARAZZAI DE CURITIBA Mutirão nacional lançado com o objetivo de retomar investigações de assassinatos ou tentativas de assassinatos que estavam abandonadas teve pouco efeito prático. A meta estabelecida por governo federal, Justiça e Ministério Público era concluir até o fim do ano passado 143 mil inquéritos abertos antes de dezembro de 2007 e que estavam sem solução. Até dezembro de 2011, apenas 28 mil, 20% do total, tiveram um fim. E esse fim não resultou em apontar culpados. Cerca de 80% desses 28 mil inquéritos só foram concluídos porque os casos foram arquivados, sem qualquer solução. O número de casos remetidos para o Ministério Público para que uma denúncia formal fosse oferecida à Justiça é de 4.652. Ou