Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 23, 2012

The Economist publica artigo sobre prisões na América Latina

Prisons in Latin America A journey into hell Far from being secure places of rehabilitation, too many of the region’s jails are violent incubators of crime. But there are some signs of change Sep 22nd 2012 |  CARACAS, MEXICO CITY, SANTIAGO AND SÃO PAULO  | from the print edition ON AUGUST 28th six members of the local Human Rights Council, an official watchdog, turned up at Romeu Gonçalves de Abrantes prison in João Pessoa, the capital of the state of Paraíba in Brazil’s poor north-east. Inside they found filthy, overcrowded cells holding sick, thirsty prisoners, some with untreated injuries. The prison guards refused to open the door of the locked punishment wing, which reeked of vomit and faeces. So the visitors passed a camera in through a ventilation shaft. It came back with images of naked prisoners crowded into bare, unlit cells. Though the guards said the inmates were being held like this “temporarily” because of a planned jailbreak, they had been ther

Vítimas de homicídios dolosos aumentam 12,4% em São Paulo; latrocínios crescem 71,4%

UOL, SÃO PAULO - Dados divulgados nesta terça-feira (25) pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo mostram que o número de vítimas de homicídios dolosos no Estado cresceu 12,4% em agosto deste ano em comparação com o mesmo período de 2011. No total, foram 417  vítimas de homicídios dolosos  (com intenção de matar) no Estado em agosto de 2012, contra 371 no mesmo período do ano passado. Em média, mais de 13 pessoas foram assassinadas por dia no Estado em agosto. As 417 vítimas de agosto deste ano morreram em 391 ocorrências de homicídio, já que há registros com duas ou mais vítimas --duplo ou triplo homicídio e chacinas. Em agosto de 2011, foram 360 ocorrências. O aumento ocorre após uma  queda de 3,6% homicídios dolosos  em julho, na comparação com o mesmo mês de 2011. No  primeiro semestre , em meio a uma escalada da violência no Estado, os homicídios subiram 21,8%. As  tentativas de homicídios  também aumentaram na comparação com agosto do ano passado, de