Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 6, 2016

Homicídios em Pernambuco

Publicado na Coluna de Opinião do Jornal do Commercio. José Maria Nóbrega Júnior Entre 1990 e 2015, foram assassinadas 95.830 pessoas em Pernambuco. Em 1990, o Estado tinha 7.031.080 habitantes e teve assassinadas 2.746 pessoas, o que resultou em uma taxa de 39/100 mil. Para que Pernambuco mantivesse o limite do tolerável, que é de 10/100 mil, não deveria ultrapassar os 700 homicídios. Passados todos esses anos, o Estado nordestino não conseguiu controlar os assassinatos nem mesmo no auge do Pacto Pela Vida. De 1990 a 1995, as taxas de homicídios não chegavam aos 40/100 mil. De 1996 a 2001 houve uma verdadeira explosão dos assassinatos, saltando de 3.015 óbitos para mais de 4.600, com a taxa chegando perto dos 60/100 mil. Já era uma tragédia anunciada desde o início da série histórica. Entre 1990 e 2001, os homicídios foram incrementados em mais de 80%. De 1998 a 2007, as taxas de homicídios em Pernambuco sempre estiveram acima dos 50/100 mil. Em 2015, o Estado t