Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 18, 2011

Pernambuco foi o único estado nordestino a reduzir o percentual de homicídios na última década

Fonte: SIM/DATASUS (2011) Entre 2000 e 2010 a redução percentual foi de -24,8% nos números absolutos de homicídios. Os anos de 2008, 2009 e 2010 (com -26,4%) foram os mais expressivos, depois do implemento do plano de segurança pública do governo pernambucano, o Pacto Pela Vida. O plano de segurança de Pernambuco teve metas claras e partiu de um programa de ações em gestão pública que foi decisivo para esta redução em seus indicadores de violência homicida. Agora, o que foi ato de vontade política de um governador, tem de virar programa de Estado e seguir em frente na dinâmica de desenvolvimento na gestão da segurança. O que deve ser "copiado" por outros estados da região. A perceber pelos dados acima expostos na tabela, à exceção de Pernambuco, todos os estados nordestinos apresentam impacto positivo no crescimento da violência homicida, com impacto percentual acima dos 40%. Bons governos, salvam vidas!! 

Insegurança jurídica

Folha de S. Paulo, 21 de setembro de 2011. ANTONIO DELFIM NETTO Garantia legal O "capitalismo" não foi inventado: é um processo de organização social e produtiva que os homens foram "descobrindo" ao longo de sua trajetória. Ele é sujeito a crises porque: 1º) O próprio comportamento do homem oscila entre o entusiasmo e a depressão e 2º) As "respostas" do sistema produtivo (variações da oferta) aos estímulos da demanda são, simultaneamente, condicionadas pelas incertezas do futuro opaco e pela natureza do avanço da tecnologia. Ele sobreviveu porque, de cada crise, saiu mais ajustado ao processo civilizatório. A história mostra, sem nenhuma possibilidade de contradita, que a permanente elevação da produtividade do trabalho e a imensa elevação do padrão de vida que o acompanhou, com a liberdade individual que permite, são um enorme sucesso. Obviamente ele tem muito a caminhar na direção de uma sociedade mais "justa" na qual prevaleça uma efetiva