Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 18, 2014

Polícias e Estado democrático de direito no Brasil

José Maria Nóbrega – Cientista Político, Professor da UFCG, Coordenador do NEVU. O Brasil “viveu um obscurantismo de 21 anos, sem transparência, durante os quais as várias polícias e os bombeiros foram forças auxiliares do Exército. Esse período deixou uma estrutura funcional da segurança pública desligada dos governos estaduais e municipais. Porém, essa é uma visão a partir das polícias; durante o regime militar, os governos estaduais e municipais também se estruturaram de maneira a deixar a segurança pública de fora. Se, por um lado, as polícias, o sistema penitenciário e o Judiciário se organizaram para viver sem o estado nem os municípios, os estados e municípios também se organizaram para viver sem eles. O que se seguiu foi um caos organizacional e institucional: a segurança pública, solta e corporativista, com uma revinculação difícil aos governos estaduais de estrutura arcaica, que insistiam em coloca-la dentro de secretarias de justiça” (Gláucio A. D. Soares no prefácio de