Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 3, 2020

Análise sobre a mortalidade por COVID19 e seu nível de associação com a violência e a vulnerabilidade social

Por José Maria Pereira da Nóbrega Júnior – Doutor em Ciência Política pela UFPE, Professor Associado da UFCG. Coordenador líder do NEVU. Das vinte cidades mais afetadas pelo novo corona vírus (COVID19) [1] , 7 são pernambucanas, 6 são paulistas, 3 são cariocas, uma do Maranhão, uma do Ceará, uma da Paraíba e uma do Amazonas. Metade das cidades situa-se na região Nordeste, esta que concentra mais de 40% dos homicídios do país (NÓBREGA JR., 2019) e apresenta altos níveis de vulnerabilidade social. O meu propósito aqui será analisar os indicadores de mortalidade por COVID19 medidos pelas taxas por 1 milhão de habitantes, os indicadores de violência medidos pelas taxas de homicídios que são as mortes por agressão calculadas por 100 mil habitantes, os indicadores de vulnerabilidade social segundo o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) medido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) segundo variáveis retiradas do Censo de 2010 do IBGE, nas cidades com maiores indicador