Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 10, 2013

Violência homicida no nordeste brasileiro: um breve olhar

José Maria Nóbrega Jr. – Doutor em Ciência Política pela UFPE, Professor Adjunto da UFCG, autor do Livro “Homicídios no Nordeste. Dinâmica, relações causais e desmistificação da violência homicida”. EDUFCG. A criminalidade violenta é um dos maiores problemas a serem enfrentados pelos governos brasileiros. Em todas as regiões do país há índices alarmantes de criminalidade, não obstante alguns governos conseguirem arrefecer os dados com políticas públicas de segurança. O homicídio, ou morte por agressão, é o principal indicador para medir a amplitude da violência e da criminalidade em determinado espaço social. As ciências sociais vêm tendo mais atenção a essa temática e os estudos na área da Ciência Política em especifico, negligenciam a violência como sendo um impeditivo para o avanço da nossa democracia. O que vemos atualmente é um quadro de crescimento vertiginoso da criminalidade violenta medida pelos indicadores de assassinatos, com destaque à região Nordeste. Em alguns

Professor do CDSA apresenta trabalho sobre o Panorama dos Homicídios no Nordeste Brasileiro

Entre os dias 25 de fevereiro e 1 de março de 2013 o professor José Maria Nóbrega Júnior do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da UFCG apresentará o trabalho “Panorama dos Homicídios no Nordeste Brasileiro” no III Seminário Internacional do Instituto de Estudos Comparados de Administração de Conflitos (InEAC). O trabalho é referente ao projeto de pesquisa aprovado no Instituto de Estudos Comparados de Administração de Conflitos (INCT-InEAC), e Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, Rio de Janeiro. O projeto de pesquisa foi elaborado em conjunto com o professor da Universidade Federal de Pernambuco, Jorge Zaverucha, numa parceria entre o Núcleo de Estudos da Violência da UFCG (NEVU) e o Núcleo de Estudos de Instituições Coercitivas e da Criminalidade da UFPE (NICC). O evento terá a participação de  pesquisadores nacionais e internacionais que estudam o tema