Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 6, 2019

O que aprendemos com a Colômbia?

Em matéria publicada em 2000 pela Revista Veja, essa era a realidade colombiana: "Nosso vizinho mais violento atingiu um padrão de criminalidade sem precedentes, a ponto de 40% do território do país estar entregue a narcotraficantes, paramilitares e aos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), um fóssil venenoso da Guerra Fria. Como consequência desse processo de ocupação, estima-se que quase 2% da população – 800 mil pessoas – tenham abandonado o país nos últimos dez anos com medo da violência. Calcula-se que 1,5 milhão de camponeses fugiu da violência no campo para engrossar as favelas das grandes cidades. Um terço desse total está na capital, Bogotá. É o terceiro maior número de refugiados internos no mundo. Só perde para Angola e Sudão". (LORES, Raul J. [2000], “Na Colômbia o crime já venceu”. Veja, Edição 1.655, de 28 de junho de 2000). Gráfico 1. Taxas de homicídios na Colômbia – 2000 a 2016 Fonte: Homicide Report (Banco Mundi