Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 28, 2016

A interiorização dos homicídios no sertão paraibano e sua dinâmica peculiar

A interiorização dos homicídios no sertão paraibano e sua dinâmica peculiar José Maria Pereira da Nóbrega Júnior – cientista político, professor da UFCG e Coordenador do NEVU. Na Paraíba, os resultados das políticas públicas de segurança na redução dos homicídios são sentidos na região metropolitana de João Pessoa, fora dela os efeitos são muito tênues e, em algumas cidades, mesmo inexistente. Analisando os dados de mortes por agressão do SIM/DATASUS (que computa todas as mortes violentas provocadas de forma intencional), percebemos uma dinâmica diferenciada. Enquanto na Paraíba como um todo, há uma linha de tendência positiva linear, em cidades do sertão paraibano a linha é excessivamente oscilante com um período de explosão pós-2005. Analisando uma série temporal relativamente longa, de 1996 a 2014, observamos que os homicídios cresceram exponencialmente como bem mostra a linha de tendência no gráfico 01. Gráfico 01. Fontes: SIM/DATASUS/IBGE. Dados popula