Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 21, 2014

Decapitações nas prisões, um recado ignorado

REDAÇÃO 26 Setembro 2014 | 05:00 Por Alexandre Pereira da Rocha* Militantes jihadistas, numa defesa de um Estado Islâmico do Iraque, têm promovido cenas de terror. Recentemente foram divulgados vídeos mostrando a decapitação de jornalistas norte-americanos. Tal fato gerou sentimentos de revoltas pelo mundo afora. Enquanto isso outra rebelião estoura num presídio brasileiro e mais um presidiário é decapitado. Pouco disso é divulgado. Vale aqui evocar a canção de Caetano Veloso, “O Haiti é aqui”, na qual o poeta nos convida para subir no adro e refletir sobre os contrassensos da sociedade brasileira. Ao mesmo tempo em que nos comovemos com a desgraça alheia, por exemplo, a do povo haitiano, ignoramos as mazelas no quintal de casa. Por isso, ele canta: “O Haiti é aqui, o Haiti não é aqui”. Podemos dizer, então: o Iraque é aqui, o Iraque não é aqui. Como as belas canções que embalam nossas vidas jamais envelhecem, as contradições que povoam o Brasil tardam em ser eliminada