Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 24, 2010

De que lado você está?

Roberto da Matta - O Estado de S.Paulo Quando trabalhava num museu cheio de ossos e de artefatos indígenas cheirando a naftalina e mofo, eu - recém-chegado de Harvard e contrariamente ao meu projeto de ser apenas um pesquisador - fui galgado à posição de coordenador de um programa de ensino e pesquisa. A saída de seu fundador promoveu a minha entrada na "burro-cracia" federal da universidade e, de repente, eu me vi na posição de liderar um grupo de pessoas que mal conhecia. Éramos todos contra a ditadura militar que então governava um Brasil administrado pelo arbítrio e sem a regra de lei que entre nós, humanos, sempre instáveis e interessados, ajuda a manter a coerência; e, eventualmente, mas nem sempre, garante o uso de um só peso e medida. Um dia, graças a circunstâncias que espero contar com mais detalhes em outro lugar, surgiu a oportunidade de contratar o grupo de professores do programa (de fato, a sua esmagadora maioria), integrando-os aos quadros da universidade.

Lavareda analisa o que diz as pesquisas com vista às eleições de domingo próximo

POSTADO ÀS 17:35 EM 27 DE Outubro DE 2010 (blog de Jamildo, JC Online) O cientista político Antonio Lavareda (MCI) comenta as pesquisas apresentadas pelos institutos ( Vox Populi anteontem, Datafolha ontem) há quatro dias das eleições. Do último dia 08 até o momento neste segundo turno foram divulgadas 11 pesquisas, por diferentes institutos. Segundo ele, as pesquisas vão convergindo a medida que se aproxima o dia da eleição. “ A maioria dos institutos tem apresentado um cenário de estabilidade. Se fazermos uma média de todas as pesquisas que foram divulgadas, nesse segundo turno, a média do conjunto destas aponta 55 para Dilma e 45 para Serra, uma diferença de 10 pontos. Obviamente índice menor em pesquisas do GPP e maior em pesquisas do Vox. Agora, o desenho da distribuição das intenções de voto é muito parecido em todas essas pesquisas: o candidato Serra ganhando no sul, ficando próximo ou rigorosamente com empate técnico no sudeste, a candidata Dilma ganhando no norte e centro o

O que ocorrerá no próximo domingo?

Do blog de Jamildo (JC On line) Por Adriano Oliveira Por que desconfiar dos institutos de pesquisas? Costumo afirmar que as pesquisas erram em razão dos analistas de pesquisas. Muitos destes não interpretam adequadamente as pesquisas e incentivam a imprensa e a opinião pública a cometerem erros. A imprensa, por sua vez, erra ao olhar apenas o percentual de votos, e desconsidera outros fatores importantes. Muitos analistas fazem o mesmo. Não considero que os institutos de pesquisas erraram na disputa presidencial do primeiro turno. Era visível, desde o início de setembro, oscilações positivas da candidata Marina Silva. Os acasos, os quais costumeiramente ocorrem nas disputas presidenciais, surgiram, e o caso Erenice e outros fatos, possibilitaram que Serra fosse para o segundo turno. Isto era previsível. Porém, muitos optaram por enxergar e analisar apenas a intenção de votos. E esqueceram de construir hipóteses. Neste instante, todas as pesquisas eleitorais mostram que Dilma Ro

Relembrando a infância

Em 1987 assisti "De volta para o futuro 2" no cinema São Luiz. Me recordo do sucesso desse filme, que até hoje surpreende pela visão de futuro. "De Volta Para o Futuro" completa 25 anos com previsões acertadas   Divulgação Por KAREN LEMOS SÃO PAULO - Para celebrar os 25 anos da franquia "De Volta Para o Futuro", clássico da década de 80, vale lembrar alguns pontos que podem ser atribuídos ao sucesso da série de filmes. Afinal, prever tecnologias e modismos do futuro em 1989, sendo que parte delas de fato acontecem hoje, não é para qualquer um. Naquele ano, a sequência "De Volta Para o Futuro 2" foi lançada, trazendo a cidade de Hill Valley em 2015, cheio de costumes que conhecemos muito bem nos dias atuais. Se agora vemos sequências de filmes de sucesso invadindo a programação dos cinemas, é espantoso assistir a cena em que o personagem principal Marty McFly (Michael J. Fox) se depara com o anúncio de "Tubarão 19" na bilheteria d

Olhar “o nosso umbigo”

Por José Maria Nóbrega – doutor em ciência política pela UFPE e pesquisador do NICC-UFPE Antes de olharmos para o que acontece externamente e acusar os EUA por negligência aos direitos humanos, devemos fazer o “nosso dever de casa” e olharmos para o “próprio umbigo”. Em matéria publicada no Folha On Line, dia 23 de outubro de 2010, os EUA são acusados de “abuso e negligência” pois, segundo os documentos divulgados no polêmico site WikiLeaks, desde a invasão americana no Iraque, em 2003, morreram mais de 100 mil iraquianos, dos quais cerca de 70 mil civis. Ótima a divulgação e a estampa da matéria, milhares de pessoas sendo assassinadas pelos americanos sem direito algum! Mas o que dizer que, segundo os dados do SIM (Subsistema de Informações de Mortalidade) do SUS (Sistema Único de Saúde) do Ministério da Saúde brasileiro, nada mais, nada menos que 292.457 pessoas foram assassinadas no Brasil entre 2003 e 2008 (não acrescentei os anos de 2009 e 2010, pois esses ainda não estão dispo