Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 22, 2014

A lacuna proporcionada pelo Sistema Carcerário

José Maria Nóbrega Jr. – cientista político e professor da UFCG(PB) As instituições coercitivas responsáveis pela garantia dos direitos civis são formadas por peças e engrenagens que precisam funcionar adequadamente. Além das polícias e da justiça, o sistema carcerário/penal necessita de administração moderna e de um modelo claro de proposta para a recondução, ou não, do indivíduo condenado à sociedade. O que temos hoje no Brasil é um modelo perto da falência. Os dados nos sugerem esta afirmação. Segundo os dados resgatados pelo Depen/Infopen (Departamento de Informação do Sistema Penitenciário Brasileiro) e tabulados pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública (2013), em 2012 tínhamos um total de 549.786 presos no sistema carcerário brasileiro, dos quais 34.304 deles estavam sob custódia das polícias. Entre 2011 e 2012 houve crescimento percentual de 16,6% nos números absolutos de pessoas presas, já que em 2011 este dado foi de 471.254 indivíduos dentro do sistema. O