Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 26, 2020

A associação entre as taxas de mortalidade por COVID19 e o nível percentual de isolamento social no Brasil

Por José Maria Pereira da Nóbrega Júnior, cientista político. São muitos os estudos científicos espalhados pelo mundo a respeito da letalidade do novo corona vírus, o COVID19, vírus este que vem desesperando as pessoas desde os últimos meses do ano passado. São estudos com exigência de níveis altos de compreensão, com metodologias científicas muito diversas e complexas para o leitor médio. Neste pequeno artigo, meu objetivo é muito simples: testar o nível de associação estatística entre as taxas de mortalidade por COVID19 no Brasil com os percentuais de isolamento social nas unidades federativas. Primeiro, fui atrás da definição de isolamento social (variável independente) e de taxa de mortalidade por COVID19 (variável dependente). Isolamento social “é um comportamento no qual o indivíduo deixa de participar - voluntariamente ou não - de atividades sociais em grupo como trabalho e entretenimento. É um fenômeno geralmente observado na população idosa, sem-teto ou grupos

Desapego à democracia

Presenciamos na última sexta-feira, dia 24 de abril, ao fim da era Moro no governo de Jair Bolsonaro. Caiu como uma bomba as acusações do ex-magistrado e principal símbolo da Operação Lava-Jato que levou muitos atores políticos ao banco dos réus. Acusações essas que jogaram no colo de Bolsonaro a responsabilidade de explicar ao seu séquito o que estava acontecendo. Soou, a princípio, como um verdadeiro estelionato eleitoral, já que a vitória nas eleições de 2018 teve como principal causa as agendas anticorrupção e da segurança pública. No domingo, dia 19 de abril, assistimos, em meio aos apelos da mídia e de boa parte dos gestores públicos para que as pessoas não saíssem de casa devido a pandemia do corona vírus, ao efusivo discurso de Jair Bolsonaro em meio a apoiadores nada democratas. Em meio aos gritos de ordem nos quais o pedido de intervenção militar ecoou com força, o Presidente da República foi ao regozijo com a plateia pouco afeita a valores democráticos. Para haver