Postagens

Mortes violentas intencionais no Nordeste e suas conexões com os gastos em segurança pública e as apreensões de armas de fogo ilegais

Mortes violentas intencionais[1] no Nordeste e suas conexões com os gastos em segurança pública e as apreensões de armas de fogo ilegais
Por José Maria P. da Nóbrega Júnior – Doutor em Ciência Política pela UFPE, Historiador e Professor de Ciência Política e Gestão Pública da UFCG, PB, Brasil.
No Brasil, em 2016, foram 61,5 mil pessoas assassinadas no país. Dessas, 24.825 foram perpetradas na região nordeste, o que corresponde a mais de 40% dos casos registrados no país. As três maiores taxas de homicídios do país foram nordestinas: Sergipe, no topo, com 64/100 mil; Rio Grande do Norte, que proporcionou uma das cenas mais violentas da história do Brasil no início do ano, no Presídio de Alcaçuz, na Grande Natal, com um verdadeiro massacre sangrento proporcionado por facções criminosas[2], teve a segunda maior taxa de homicídios do Brasil, 56,9/100 mil; e Alagoas, que vinha no topo da lista, passou ao terceiro lugar com a taxa de 55,9/100 mil (FBSP, 2017).
Fonte: Presos ligados ao PCC usam…
Postagens recentes